Sexta-feira, 13 de Maio de 2011
Pãezinhos Rusticos

 

Muita gente fica confusa com os tipos de farinha a usar para fazer pão, e se pergunta qual a diferença nas farinhas.

As farinhas para pao e para bolos tem diferencas tanto na composicao, como depois nos resultados.

Farinhas para pão, são mais ricas em glúten, uma proteína existente no trigo , que torna a massa mais elástica, não partindo as suas fibras por acção do fermento biológico.

Farinhas brancas de usó para bolos, são pobres em glúten e ricas em amido, o que torna a massa macia. Se usada em pão , não tem características de elasticidade , pelo que ao fermentar as fibras vão partir e o resultado não fica o esperado.

Depois existe a farinha para todos os usos que da para ser usada em ambos casos, bolos e pão, já que tem glúten e amido doseados de uma forma mais equilibrada para o efeito.

Também existem confusões com os fermentos, existem dois tipos, biológico e químico.

O fermento biológico é composto por fungos microscópicos vivos, enquanto o químico (ou em pó) é feito à base de bicarbonato de potássio.

A forma como eles agem é bastante distinta. Os fungos do fermento vivo  alimentam - se da glicose da farinha de trigo:  a sua digestão produz, entre outras substâncias, as bolhas de gás carbónico (ou dióxido de carbono) que fazem a massa crescer.

Já no fermento químico, o mesmo gás é obtido em reacções do bicarbonato de sódio com algum ácido.

Na fabricação do fermento em pó, o bicarbonato é misturado a substâncias que se tornam ácidas ao entrar em contacto com líquidos ou quando são aquecidas. O pó já começa a reagir na hora de bater o bolo e, na maioria das vezes, continua a fazê-lo enquanto o bolo está no forno.

Já os fungos do fermento biológico demoram um pouco a fazer seu trabalho e morrem no calor do forno.

Assim, em receitas com fermentação biológica, como pães e pizzas, é necessário esperar a massa crescer antes de começar a assá-la.

 Dentro dos fermentos biológicos existem os secos e os frescos, são a mesma coisa. A diferença e que o fresco tem mais humidade .

Sempre que encontrarem medidas de fermento seco ou fresco e fácil converte-las para  o tipo de fermento  que querem usar, para isso  basta saber que o fermento húmido e três vezes mais a quantidade do seco. Depois e só fazer contas.

Se for de húmido para seco , dividem a quantidade indicada por 3, se for seco para húmido multiplicam por tres. Falando  da receita, devo dizer que estes paezinhos sao deliciosos, e fizeram sucesso por aqui. Miolo compacto, a lembrar as bolas caseiras que se vendem nalguns lados.

 

Ingredientes

500 gr de farinha para pão

4,5 dl de agua morna

1 colher( chá ) sal fino

10 gr de fermento biológico seco ( ou 1 saqueta)

 

Coloca se num alguidar primeiro o sal (nunca misturar o sal ao fermento biológico directamente, mata os microrganismos presentes no fermento) depois a farinha e em seguida o fermento.

Despejar a agua em redor da farinha e depois misturar energicamente  tudo durante cerca de 5 minutos.

Devo dizer que a massa fica meio mole mas e mesmo assim.

Tapa- se o alguidar e leveda num lugar abrigado por 1 hora.

Findo esse tempo(  a massa duplica o volume) , liga -se o forno  (temperatura média-alta),  e polvilha- se  um tabuleiro com farinha.

Num alguidar com farinha deitam-se uma porção de massa ( usei a colher grande dos guisados, duas colheradas juntas de cada vez) e envolve se com jeito em bastante farinha , e dispõem- se no tabuleiro.

Convém deixar espaços entre os pãezinhos porque a massa espalha um pouco, alem de que depois eles crescem.

Vai a cozer cerca de 30 a 40 minutos.Convém verificar, pois depende dos fornos.

Espero que tenham passado uma boa semana, e fico me por aqui com desejos de um óptimo fim de semana. Obrigado pela visita.

 


tags: ,

publicado por Amor e Sabores às 06:39
link do post | favorito

De Dina a 19 de Junho de 2011 às 19:56
Olá, este seu pão está com um optimo aspecto!!!
O meu pão nunca fica assim tão saboroso, eu costumo comprar no supermercado a farinha própria para pão, strong white flour, já experimentei várias marcas, mas fica sempre igual. Se não se importar gostava de saber qual foi a marca que usou.
Eu costumo também bater o pão na máquina de fazer pão e deixo-a levedar lá tbém, tiro-a depois para cozer no forno.
Obrigada
Dina (de Leicester)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim
.pesquisar
 
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin
.Siga este blog
.posts recentes

. Bolo de Biscoitos e Choco...

. Salmao em Crosta com Bata...

. Hamburgueres de Delicias ...

. Bifinhos de Frango com Am...

. Peixinho no Forno `a Nand...

. Sopa de Grao com Espinafr...

. Pao Rapido de Qeijo e Fia...

. Perna de Peru Assada no F...

. Cookies Trufados

. Pampilho

.tags

. todas as tags

.links
ParaCozinhar.com

.subscrever feeds